Tipos de Banhos de Ervas ou Banhos de Descarrego

Descarregar para a Umbanda significa purificar. É um banho de desimpregnação energética. É o tipo de banho mais conhecido. Servem para liberar o indivíduo das cargas energéticas negativas, bem como afastar ou enfraquecer a influência de desencarnados que o acompanham. Devemos ter a consciência de que nós criamos nossa atmosfera energética e que os nossos pensamentos e emoções alteram toda o nosso campo magnético. Nem sempre um banho será passado por conta de influências externas, aliás, na maioria dos casos, a nossa mente e nossas emoções estão criando uma força negativa que dificulta o nosso progresso, gerando peso, tristeza e enfraquecimento.
Há dois tipos de Banhos de Descarrego: Banhos na Natureza, Banho de Sal Grosso e Banho de Ervas.

  • BANHOS DE MAR E CACHOEIRA – podem também ser considerados banhos de descarrego. Em contato com a Natureza, todos nós entramos em harmonia energética e temos a possibilidade de nos equilibrar.
  • BANHO DE SAL GROSSO – é o mais utilizado devido à facilidade, simplicidade e eficiência. O sal é excelente condutor elétrico e absorve os átomos mais densos (íons). Neste sentido, quando o sal se junta com a água, ele absorve a sujeira energética e a água limpa todo o campo magnético. Não deve ser jogado na cabeça. Após o banho, devemos permanecer molhados por uns minutinhos e depois nos secarmos.
  • BANHOS DE ERVAS – para utilizarmos as ervas, precisamos conhecer um pouco das suas funções. A nossa Casa usa as ervas ençabas que são a base dos nossos banhos. Existem também as ervas que são utilizadas pelos Guias que possuem o conhecimento para combinar as energias. A erva representa na natureza a força do Orixá mais próxima de nós. É Deus que nos oferece na natureza todos os recursos para que possamos nos curar das nossas mazelas.
  • BANHOS DE DEFESA – usamos quando vamos visitar locais que de antemão sabemos que possuem muita sujeira etérica. Cemitérios, bares, hospitais, asilos… enfim, locais de sofrimento, dores e doenças. Também devemos usá-lo quando vamos visitar outro Terreiro, pois não sabemos a natureza dos trabalhos e que tipo de espíritos são comprometidos com a rotina da Casa. Para os banhos de Defesa utilizamos a erva do nosso Orixá, para que possamos acionar a força d’Ele em nós formando um campo áurico de luz.
  • BANHOS DE ENERGIZAÇÃO – podemos utilizar após um banho de descarrego. O alecrim é uma erva considerada “Pai” e ativa os centros energéticos. Um bom banho de alecrim após um banho de descarrego, dá uma levantada na energia. Existem outras ervas de Energização como o elevante, a manjerona, a pipoca (duburu estourado sem sal), enfim, podemos nos fortalecer sempre que necessário, basta que conheçamos e queiramos acionar os mecanismos que fortalecem o nosso ser.
  • BANHOS DE FIXAÇÃO – o banho de fixação são específicos para certos trabalhos de iniciação ou magia. Deve ser utilizado por médiuns e receitados por quem conhece. São combinações que “chamam” o Orixá na cabeça, por isso, estão diretamente relacionados com os Orixás pessoais e devem ser passados pelo Orientador Espiritual da Casa ou um Guia que vai trabalhar a magia e que precisa de determinada força fixada e presente no ritual.


ALGUNS BANHOS COMUNS À NOSSA CASA


PARA CRIANÇAS ATÉ 14 ANOS:
Alecrim, Manjericão, Alfazema.

PARA DESENVOLVIMENTO:
Abre Caminho, Cipó Caboclo, Barba de Velho, Guiné, Girassol, Arruda e Sal Grosso.

PESSOAS PERTURBADAS POR OBSESSÃO:
Milomi, Alho Roxo, Fumo de Rolo, Comigo Ninguém pode, Negra Mina, Bem com Deus e Mal com Tudo, Espada de Iansã (fervido).

PESSOAS QUE ESTÃO ENFRENTANDO DEMANDAS:
Vence Demandas, Espada de São Jorge, Arruda, Comigo Ninguém pode, Pinhão Rôxo, Cipó Azougue e Sal Grosso (fervido)

CRIANÇAS MENORES DE 7 ANOS:
Rosa Branca e Ervas de Oxalá.

MULHERES GRÁVIDAS E PESSOAS MUITO IDOSAS:
Ervas de Oxalá e Rosa Branca,

PESSOAS ADOENTADAS:
Boldo, Cana de Macaco ou Cana do Brejo, Manjericão.

PESSOAS DOENTES COM RISCO DE MORTE:
Boldo, Assapeixe, Urtiga Branca.

Como disse anteriormente, este site é uma ferramenta de estudos da NOSSA CASA. São orientações de Vó Luiza e portanto, não temos a pretensão de alterar ou questionar nenhuma orientação diferente. A Umbanda é uma religião onde somos criados em família e cabe a cada Casa criar seus filhos conforme a orientação do Mentor ou da Mentora.
Queremos apenas ter um local comum para estudarmos e nos mantermos atualizados democratizando nossos estudos para todos os filhos.
Caso sirva de material de apoio a outros, fiquem à vontade, porém, não é este o nosso objetivo.
Axé.

Obaraiyê.

Posted in: