Como estar só sem sentir solidão

O Segredo da Solidão Total sem nos sentirmos Sós

 

Diz as Osho nas Upanishads:

“ Os homens podem estar sós quando não há ninguém por perto. No entanto, porém, a multidão ausente continua presente na solidão. No entanto, podemos estar sós e tão realizados, tão inteiramente nós mesmos que o outro não é sentido como ausência. Quando o outro se dissolve inteiramente, absolutamente, você se torna livre.”

 

É comum a todos nós o sentimento de separatividade. Nós nos sentimos pessoas separadas de Deus, dos outros seres humanos, da natureza, enfim, dando nome e rotulando as coisas, conceituando com um olhar pequeno, vamos desenvolvendo este sentimento de que estamos separados.

Para Vedanta, nada está separado de nós. Não temos como objeto o sentimento de estar perto ou longe. Todos e tudo está integrado e interagindo.

Ampliando esta visão, vamos adquirindo a consciência de que o Universo inteiro é sentido, não como uma coisa separada, mas como nós mesmos.

Somos parte de um Todo, mas nos sentimos PARTE e não o TODO.

É este olhar que nos dá a sensação de solidão.

A busca é esta: COMO SER UM COM A TOTALIDADE DO UNIVERSO?

Talvez precisemos de muitas vindas a este Planeta Escola para compreender isso, mas o início do processo é ouvir e refletir sobre.

O melhor instrumento para sentirmos a totalidade é a PRECE. Mas não aquela que Deus está longe de mim, porém aquela que percebo Deus dentro de mim. Uma Luz que vibra em todas as células.

Uma parte mecânica pode ser retirada de um veículo, mas uma parte orgânica não. Uma vez retirada ela continua a pertencer ao Todo. Retire uma folha, ela vira adubo. Retire uma fruta do pé para se alimentar, ela vira energia de vida para você, retire uma parte do seu corpo, ela retornará à terra para cumprir o processo de renovação.

Então como nós podemos nos sentir separados do Todo?

Este é o pior sentimento de solidão, quando nos sentimos uma parte retirada do processo e paramos de interagir e de sentir que somos feitos da mesma matéria e que presença ou ausência é uma ótica pessoal. Podemos estar longe fisicamente de alguém mas sentindo tanto a presença que não importa a distância. De outra forma, podemos estar próximos a pessoas e nos sentindo completamente sós.

Por quê? Porque somente quando estamos plenos de Deus não temos a sensação de separatividade. Somos UNOS a tudo e a todos energeticamente.

Possamos refletir sobre o outro que precisa se dissolver, se tornando parte de nós mesmos, permitindo que Deus nos preencha de Luz.

Eu, o outro, a Natureza, o Universo, o Pai, somos UM.

Somente a nossa mente é capaz de plantar a separatividade.

Vençamos e mente e ouçamos o coração.

Lembremos que Vó Luíza diz: “O Universo se sustenta apenas em uma energia: O Amor”. Quando a gente ama, somos um só. Sentimos a mesma alegria, a mesma dor e trilhamos sempre juntos a estrada da vida.

Axé!

Obaraiyê

Posted in: