RITUALÍSTICA – TRABALHOS DA UMBANDA

FUNDAMENTOS DA UMBANDA:

Existência de um Deus único.
Crença de entidades espirituais em evolução.
Crença em orixás e santos chefiando falanges que formam a hierarquia espiritual.
Crença em guias mensageiros.
Na existência da alma.
Na prática da mediunidade sob forma de desenvolvimento espiritual do médium.

 

 

A UMBANDA É UMA RELIGIÃO QUE NÃO ABRE MÃO DOS SEUS RITUAIS
TODOS OS ELEMENTOS TARBALHAM PARA NOSSA TRANSFORMAÇÃO

 

Por que o ritual?
(Mitos Yorubás – José Benistes)

É uma forma de entendimento para a nossa alma.
O ritual desencadeia o nosso poder psicológico, a nossa alma, esclarece coisas, amplia a nossa percepção. Desperta!!!

Preparação para a reunião:
Banho de descarrego – estou limpo – veste roupa de santo
Fios de conta (estou seguro)
Firmezas – Exu (tenho proteção)
Almas santas e benditas- conecto-me aos antepassados
Roda de abertura: cria uma energia só (afinação) e com quem está conduzindo a reunião, afinando a energia dos nossos guias e com a problemática da consulência.

                         Concentração

RITUAL        Poder psicológico

                         Energia mental

 

 

LAVAÇÕES E AMACIS          

 

Lavação de Cabeça:
1-Para o Santo da Casa – lava-se a cabeça na cachoeira com o Caboclo do pai ou mãe de Santo, ou de pais pequenos autorizados pela casa, como que sendo um compromisso pessoal daquele filho para com o terreiro e uma bênção do Santo da Casa para o filho. É como se fosse um “batismo” firmando um compromisso com a casa que você escolheu.

2-Para o seu Orixá – lava-se a cabeça na cachoeira incluindo a erva do seu Orixá fortalecendo o seu Ori e sua ligação com o seu Santo. É muito energizante e ativa forças que estariam enfraquecidas naquele momento.

A lavação pode ser adotada como mais uma terapia de ervas.

Os caboclos que podem utilizar de algumas ervas para cuidar de consulentes.

Na lavação dos médiuns, os Orixás viram nos seus filhos para os amacis.

Os consulentes podem ser beneficiados com lavações de ervas de Oxalá, no caso de pessoas mentalmente perturbadas ou obsediadas.

Outras ervas poderão ser utilizadas, mas é preciso conhecer o Orixá da pessoa para não termos problemas.
Todo amaci tem 24 horas de preceito.

BANHOS DE DESCARREGO

Sem erva não existe nenhum trabalho da Umbanda.

Os banhos são muito utilizados como forma de liberação de energias para o equilíbrio da pessoa.

Existem vários tipos de banho: o para descarregar, para energizar, para acalmar, para abrir caminhos,… Enfim o conhecimento das propriedades das ervas é essencial para se receitar um banho.
Existem também os banhos que são receitados diretamente na natureza, como banhos de cachoeira, mar e rios que são excelentes ativadores de energia e descarregam também.

ABRIR CAMINHOS E DESCARREGO DE ENERGIAS NEGATIVAS:

Ervas de Ogum, Caboclos, Xangô (casa)
AROEIRA
GUINÉ PIU PIU
EUCALIPTO

DESCARREGO DE ALMAS:

 Todas as ervas de Iansã. Pode acrescentar uma de Nanã e Obaluaiê.
PARA RAIO
ASSAPEIXE
ERVA DE SANTA MARIA.

DEMANDAS:

 Qualquer erva de Exu misturada a Ogum ou Xangô.
VENCE DEMANDA
PINHÃO ROXO
HORTELÃ (EXU) (de cabinho preto)
LIMÃO

SAÚDE:

Qualquer erva de Obaluaiê e Oxalá. Pode acrescentar uma de Nanã.
URTIGA BRANCA OU COSTELA DE ADÃO
CANA DE MACACO; ÁGUA DE CANJICA, PIPOCA, BOLDO; ASSAPEIXE.

ENERGIZANTE:

Qualquer erva dos Orixás: Xangô, Oxossi e Ogum.
ELEVANTE, EUCALIPTO, ALFAVACÃO
AROEIRA, QUITOCO, HORTELÃ (Oxossi)

PROSPERIDADE E DINHEIRO:

Oxum e Oxumaré
Oriri, alfavaquinha, fortuna, erva da felicidade, akokô

PROBLEMAS FAMILIARES; desarmonia no lar.

  – combinar ervas de Oxalá e Iemanjá – tapoeraba branca e boldo.

PROBLEMAS DE DESAMOR:

 Ervas de Oxum e Oxalá – oriri e boldo

DESENVOLVIMENTO:

GUINÉ PIU PIU
ABRE CAMINHO, FUMO, ERVA DO SEU ORIXÁ.

BANHOS PARA CRIANÇAS

1- Bebês abaixo de 1 ano: rosa branca e ervas de Oxalá (boldo, todo alecrim, algodão, água de canjica).

2- Crianças abaixo de 7 anos: ervas de Oxalá e pode ser combinada com ervas de Oxum.

 

Bate Folhas

É um excelente recurso para liberar energias densas. No mesmo caso dos banhos, o conhecimento das ervas é primordial para se receitar o bate-folhas.
Existe bate-folhas para descarregar almas, obsessores, para acalmar, para saúde, abrir caminhos, etc. Podemos agrupar tipos de ervas fazendo assim o encontro de várias forças a fim de socorrer a pessoa.

Dentro deste mesmo tema poderemos incluir as casas e locais de trabalho. Podemos utilizar as folhas como equilibradores de ambiente, através de galhos e vassouras feitas com as ervas específicas para cada caso.

Para limpar uma casa com as folhas devemos primeiro firmar no portão para Exu dono do Terreiro e para as Almas pedindo guarda e luz. Podemos antes passar um defumador completo e depois bater as folhas.

REZAS E BENZEDURAS

Os velhos pedem imagens, terços,… para benzer para as pessoas. Quando o consulente é uma pessoa muito endurecida e “São Tomé” são utilizados trabalhos mais visíveis (materiais) para que o consulente se sinta mais seguro, amparado pelo velho. Talvez ele precise ver para saber de um ponto de apoio como uma forma de puxar a sua fé ainda latente. Levar pontos riscados para casa, acender os pontos toda semana, enfim, colocar o consulente para participar ativamente do seu processo de cura. Novenas e Trezenas são recursos também utilizados para que o consulente participe do seu trabalho. Serve para desenvolver a fé das pessoas e torná-las também responsáveis por sua problemática de vida e ter momentos de oração é primordial na vida.  Quantas pessoas querem solução e não param para orar, meditar sobre o que a vida está lhes ensinando? Passar rezas, novenas é muito saudável para o consulente, podendo até interligar o problema com o Orixá responsável pela energia que trará a cura. Ex. problema de trabalho-Novena para São Jorge ou Santo Antônio, problema de amor: novena para N.S. da Conceição, família: N.S. da Glória.

FIRMEZAS

São para canalizar um tipo específico de energia. Ex.: Firmeza de Exu, Ogum, Anjo da Guarda, Iansã,… enfim é quando é necessário uma ATRAIR aquela energia para a vida da pessoa.
Nas firmezas feitas em imagens e objetos, costumam utilizar: ervas, fitas coloridas, favas como olho de boi, fava de Oxalá, dandá da costa, olho de Exu ou tento,…medalhinhas de santo, orações dos santos, atim, objetos com simbologia mágica como  estrelas, lua, sol, espada, oxés, taças,…
O Preto Velho faz suas mirongas e o consulente leva para sua casa com a tarefa de acender, rezar e cuidar.
Nas plantas, estas mirongas ficam enterradas no vaso, que recebe a planta por cima.

CORRENTES

Uma corrente só deve ser passada como recurso top das terapias da Umbanda.
Corrente de Orixá pode se dividir em 2 tipos:
de 1 Orixá específico-Orixá trabalha virado na Umbanda, utilizando o charuto, as ervas, enfim, todo o material da firmeza.
O outro tipo é a de todos os Orixás quando é feita por um caboclo que reza 10 velas (1 para cada Orixá), pedindo para o equilíbrio do consulente, utilizando sempre o seu material de trabalho que é o charuto para defumar e o ponto riscado.

CORRENTE DE PRETO VELHO

É o trabalho de desobsessão da Umbanda. Indicada para tratamento do espírito obsessor, como uma oportunidade de transformação.
É um recurso que pode ser passado, mas o médium precisa estar preparado para se envolver nos processos obsessivos dos outros, por causa da obsessão reversiva.

CORRENTE DE ERÊS

Indicada para rezar crianças, mulheres grávidas ou que desejam engravidar e pessoas doentes.
O Erê trabalha na deciça e os de candomblé podem rezar cantigas em yorubá.
Os de Umbanda, rezam cantigas de Umbanda.

DEITADAS

As deitadas são indicadas quando há um grande desequilíbrio no consulente. Seria uma cartada final e por isso deve ser muito guardada como um recurso de misericórdia.
Na nossa casa vamos fazemos 2 tipos de deitada: a de Oxalá e a de Anjo da Guarda.

Oxalá: indicada para problemas de saúde, pedidos de misericórdia.       .

DEITADA DE ANJO DE GUARDA:
Indicada para erguer o consulente num momento difícil de sua vida onde ele esteja precisando de forças para se levantar, energia para trabalhar e fortalecer as suas próprias forças para continuar a sua luta.

 

DEFUMAÇÕES

A defumação é a liberação da energia das ervas com o intuito de purificar o ambiente.
O conhecimento das ervas e suas combinações, são os mesmos para esta terapia.
Ex. ervas de Ogum para abrir caminhos e descarregar, de Iansã para lares com presenças espirituais de almas, ervas de Obaluaiê e Nanã quando houver casos de doenças…

Todo umbandista que se preza defuma e descarrega a sua casa sempre que sente pesada.

LADAINHAS

É a oportunidade de nos conectarmos à nossa linhagem espiritual.
Quando oramos pelas Almas, também estamos nos purificando de erros do passado e sendo trabalhados com o perdão dos espíritos a quem prejudicamos no passado, em vidas remotas.·.

NOTAS IMPORTANTES:

1- Os trabalhos são manipulação de energias. O bom médium é aquele que sabe direcionar as energias a seu favor e daqueles que necessitam.
2- Todo trabalho precisa ser despachado na natureza: terra, mar, mata, cemitério, rios… Cabe ao Guia que orientou dar o destino final para aquelas energias manipulada

3- Na nossa Família Espiritual, despachamos no Mar tudo aquilo que precisa ser dissolvido, e no rio todas as coisas que precisam tomar um caminho. Não devemos colocar os despachos em sacos plásticos para não poluirmos a natureza e também deixarmos “presas” as energias que precisam se decompor.

4- O médium que não finaliza os trabalhos assume as demanda. Mexeu e não concluiu: assumiu o karma.
5- Mexer com energia é assim: não tem perdão. Sabe e faz com carinho ou nem chegue perto de forças que você não sabe a dimensão. Só o amor neutraliza isso.

Axé,

Odékainã

Posted in: