Amor e Compaixão

“O amor é a derradeira resposta”. O amor não é uma abstração,

mas uma energia verdadeira, um espectro de energias,

que você pode criar e manter dentro de seu ser. Apenas ame.

E você estará começando a tocar Deus no seu íntimo.

Sinta-se amando. Manifeste o seu amor.

O amor dissolve o medo. Você não pode ter medo,

enquanto estiver sentindo o amor. Já que tudo é energia,

e que o amor abrande todas as energias, tudo é amor.”.

 

 

Não vivemos conscientes de nossa natureza espiritual. Agimos como se fôssemos meros, objetos físicos, sem alma nem espírito. De outro modo nunca cometeríamos as insanidades que continuamos a cometer.

Pesquisas revelam que mais de 90% das pessoas acreditam que exista um Deus, que o paraíso existe e que vamos para um outro reino, quando morremos, Mas nosso comportamento desmente essas crenças. Tratamos os outros rudemente, com violência ou indiferença, e nos apegamos de tal forma aos bens materiais, que não hesitamos em rebaixar alguém para obtê-los. Devemos estar loucos.

Não temos nada a temer quando manifestamos o nosso Amor por outro ser humano. Estamos sempre certos.

Infelizmente, o mais comum é que nossos medos bloqueiem essa manifestação de amor. Tememos ser rejeitados, ridicularizados, humilhados, que nos vejam como fracos, que sejamos rotulados ou enganados. Mas o amor é sempre o caminho.

Somos sempre amados e protegidos. Somos criaturas espirituais num vasto oceano espiritual, habitado por inúmeros outros seres espirituais. Alguns estão na forma física. Outros não.

O amor é a água desse oceano.

Amor é energia, a mais alta e pura energia. Em suas vibrações mais elevadas, o amor abrange tanto a sabedoria quanto a consciência. É a energia que interliga todos os seres. O amor é absoluto e nunca termina.

Os principais objetivos durante nossa existência são a redenção e a paz interior. Redenção implica superar o carma por meio de ações e graça. Há muitos caminhos para a redenção. Quando nos redimirmos, teremos conquistado o destino de nossas almas.

A paz interior é conseqüência de nossos atos. Viver num mundo físico requer ações concretas: Aproximarmo-nos dos outros para aliviar seu sofrimento e ajudá-los ao longo de seus caminhos, ser solidários, compassivos, ajudar a curar o planeta, seus habitantes e suas estruturas, aprendendo e ensinando.

A redenção vem do amor, não do sofrimento. Quando o coração transborda de amor r quando esse amor flui para os demais, estamos em meio ao processo de redenção. E estamos retornando para o seio de Deus, que é o amor supremo.

É durante esse processo que a paz interior entra em nós, silenciosamente.

 

Axé,

Odékainã

Posted in: