A Sabedoria e o Tempo

No Livro de Eclesiastes, Salomão já definia: a sabedoria é vã quando seu pretendente descobre que seu maior instrutor é o tempo. O que nos habilita e nos instrui também nos mata.

As experiências da vida tendem a trazer sabedoria. Mas nenhum de nós deve paralisar o processo de busca, pois o mesmo tempo que é valioso para que possamos compreender melhor a vida, a nós mesmos, está nos matando. Cada dia é um dia a menos neste planeta.

Segundo a Cabala, o aumento do tempo em nossas vidas é o manjar e o veneno. O manjar porque a vida se torna mais clara com o passar do tempo, porém, estamos sempre mais próximos da morte física e partida deste planeta.

Os ignorantes diriam: se a sabedoria vem com o tempo, por que então busca-la?

Ora, a paralisia na busca de nós mesmos, traz uma conta a pagar. Não existe desculpas para a perda de tempo. O que estamos fazendo do nosso tempo?

Será que precisamos envelhecer ter sabedoria, ou podemos busca-la quando decidirmos?

Muitas pessoas vivem uma vida inteira sem priorizar o conhecimento, e este, é o primeiro passo para que sejamos pessoas mais sábias, pois a prática do conhecimento é a sabedoria, assim como a prática do amor é a caridade e a compaixão.

Se você tomar posse do seu presente, verá que seu futuro será mais feliz. Esteja presente, consciente no agora, hoje. Postergar a sua busca é estar indo de encontro à morte sem buscar a bagagem para sua grande viagem.

A pergunta de todos os dias deverá ser: o que estou fazendo com o meu tempo?

Sabendo que cada um dará conta de si, possamos refletir e tomar decisões para dar efetividade à nossa vida, pois ela não é um passeio. A vida é uma tarefa que recebemos para depois dar conta de todas as nossas respostas, nossas escolhas.

Pensemos sempre sobre a força do tempo e o tenhamos pressa e prioridade para buscar a nossa bagagem.

Axé!

Zuleika Menezes

Posted in: