Editorial

vela

“ Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e , fechada a porta, orarás a Teu Pai, que está em secreto; e Teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

E orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos.” (Mateus VI, v. 6 e 7)

O homem precisa transcender. Friedrich Nietzsche tem razão quando diz que o homem é o único animal que precisa se superar.

Este é o maior e melhor dos milagres do mundo: superar a si próprio. O ser que não ora, que não reconhece a Divindade que existe oculta nele e em todas as coisas não possui nenhuma possibilidade de operar este milagre.

Somos um grande projeto e a vida uma aventura de aprendizado. Não podemos jamais pensar que chegamos ao topo, pois assim a existência seria um contínuo pesadelo.

Precisamos reconhecer as nossas limitações e as nossas necessidades de crescimento, seja emocional, moral ou espiritual.

Quando oramos, acionamos uma Força Superior geradora de Vida e Luz, que é Deus, a Consciência Divina e Perfeita que está do macrocosmo e no microcosmo, que é o homem.

Esta força opera no silêncio. Precisamos desenvolver qualificações para orar, pois esta conexão com uma mente falante está arruinada.

Orar é como colocássemos a nossa Alma para respirar, oxigenar, iluminar e se desenvolver.

Toda religião tem a oração como ferramenta de encontro com o Pai que está nos céus.

Aprendemos na Umbanda que possuímos um altar pessoal: o nosso coração. O órgão que representa nossa capacidade de entrega, amor, perdão e compaixão.

Como você pode se apegar a alguma coisa se não está consciente dela?

Você possui a consciência de Deus em você?

Reconhece sua Centelha Divina?

Então ore como Jesus ensinou. Em silêncio e no seu altar.

Pratique este ensinamento e verás que a felicidade não está fora e muito menos longe de você.

Você já é feliz. A Sua Natureza é alegria e plenitude. Não busque fora aquilo que está dentro, porém oculto, para que você descubra e se transforme.

Quanto mais orar, mais sua Alma expandirá em Luz e Amor.

Axé!

Obaraiyê

 

Posted in: