Páscoa. Momento de Purificação.

No mundo relativo, que é o nosso mundo físico, precisamos fazer ação, pois o exercício do livre arbítrio é o exercício necessário para o crescimento de todo ser.

Este período de Páscoa é a pausa necessária para que nossas Almas possam refletir e avaliar as atitudes e padrões repetitivos, aqueles comportamentos que não conseguimos dominar e reconhecer e quais problemas se repetem sempre, como se não tivéssemos a condição de aprender a lição.

O que me alegra? O que me dá coragem para me mostrar? O que me revolta? O que me dá raiva? O que me frustra? Qual a motivação dos meus encontros neste período? Como lido com minha sexualidade? O que me faz catarse emocional? Que diabo mora em mim? Eu o reconheço?

Após refletirmos sobre estas e outras questões, precisamos silenciar. Buscar dentro as respostas, pois todo ser responsável pela sua trajetória, sabe que tudo está dentro e com a tagarelice da mente jamais conseguiremos lucidez e claridade para resolver nossas mazelas.

Como este período pode nos ajudar?

Muitos de nós não entendemos o por quê do calendário oscilar no agendamento das festas de carnaval. Em alguns anos é no início de fevereiro, outros, no final, enfim, não há uma data fixa.

Na verdade, o que marca esta data é o calendário Lunar no Hemisfério Norte.

A referência é a Páscoa: 1ª Lua Cheia que ocorre após ou durante o equinócio da Primavera boreal no Hemisfério Norte. A partir daí as outras datas são marcadas e foram determinadas pelo Concílio de Nicéia, na Itália, em 325 d.C.

– Carnaval – 47 dias antes da Páscoa (3ª feira)

– Cinzas – 46 dias antes da Páscoa

– Ramos – 07 dias antes da Páscoa

– Espírito Santo – 49 dias após a Páscoa

– Santíssima Trindade – 56 dias após a Páscoa

– Corpus Christi – 60 dias após a Páscoa

A Páscoa representa a verdadeira Luz de Deus, a certeza da renovação e de que podemos ser felizes e nossa fé sempre fortalecida.

Nosso subconsciente está contaminado e pensa e age sempre da mesma forma. A famosa síndrome de Gabriela: “eu nasci assim, vou ser sempre assim”.

Este período coincide com a entrada do signo de Áries no ano zodiacal. Com a força cósmica do planeta Marte, o planeta dos corajosos e destemidos.

Quando abrimos espaço para que o novo tempo possa fluir em nossas vidas, esta força vem com autoridade de quem desbrava a vida e sai de si em busca de novos objetivos. Sair da mesmice é o comando!

Que na Páscoa possamos refletir sobre os nossos sofrimentos, nossas dores e frustrações. Possamos fazer como o Mestre Jesus: Pai! Entrego minha vida em Suas Mãos!

Com este esvaziamento e entrega, podemos nos preparar para a Ressurreição no domingo de Páscoa, vivificando aquilo que nos traz prazer e alegria. Ouvindo o chamamento da nossa Alma e recolocando os nossos pés no caminho, sabendo nos conectar com as forças cósmicas que orientam a trajetória humana.

Uma Feliz Páscoa!

É o desejo do Xangô Menino Araruama para todos os filhos e amigos!

 

Zuleika Menezes

 

 

 

 

Posted in: