Quem são os ERÊS?

Erês são espíritos de crianças que desencarnam na tenra idade e sem ainda terem sido maculadas pelas mazelas do mundo.

São entidades de evolução incontestável pertencentes a espiritualidade. Trabalham nos templos de Umbanda, Candomblé, tradições esotéricas e até mesmo em casas espíritas. Trazem em si uma alegria toda peculiar de sua falange. Gostam de brincar, cantar e dançar, mas na verdade são grandes trabalhadores da espiritualidade maior.

Como as crianças na terra, são muito acompanhados e protegidos por espíritos de Luz que ajudam a preservar seu estado inocente.

Por conta desta pureza da alma, trabalham também para os Orixás ou na linha dos Orixás, representando Forças Sagradas da Natureza com toda maestria.

Este estado inocente os habilita a frequentar os roncos ou locais de assentamentos dos Orixás, preparando o médium para receber suas obrigações ou simplesmente trazendo alegria e pureza aos momentos de recolhimento.

Os trabalhos dos Erês são simples. Por serem grandiosos magos do universo, eles trabalham muito facilmente, não precisando de oferendas caprichadas e luxurias em seus afazeres.

As crianças realizam curas, ajudam a levantar famílias, protegem crianças, entre uma infinidade de trabalhos que realizam. Também cuidam das mulheres grávidas, protegendo o bebê de qualquer influência negativa do ambiente ou da família.

 

 

O que é Wunge, Ibeji, Erê e criança?

 

Ibeji é o Orixá-Criança, em realidade, duas divindades gémeas infantis, ligadas a todos os orixás e seres humanos.

Por serem gémeos, são associados ao princípio da dualidade; por serem crianças, são ligados a tudo que se inicia e nasce: a nascente de um rio, o nascimento dos seres humanos, o germinar das plantas, etc.

Ibeji na nação Ketu, ou Wunge ou (Vunji) nas nações Angola e Congo. É o Orixá Erê, ou seja, o Orixá criança. É a divindade da brincadeira, da alegria; a sua regência está ligada à infância.

Dia: domingo

Domínio: nascimento e infância

Saudação: Bejiróó!!!

No dia 27 de setembro comemoramos a alegria.

Salve os Erês!

 

Zuleika Menezes.

Posted in: